terça-feira, 3 de janeiro de 2012

Sítio Arqueológico de São Lourenço Mártir










            O sítio arqueológico de São Lourenço Mártir, foi declarado patrimônio histórico e artístico nacional em 1970. Abriga parte dos remanescentes da antiga redução jesuítica dos Guarani, que foi fundada, em 1690, pelo padre jesuíta Bernardo de La Veja. A população inicial era proveniente da redução de Santa Maria Mayor e atingiu mais de 6.400 habitantes por volta de 1730.


Estruturas metálicas para sustentação






            Como nas demais reduções, a praça central era circundada pelas moradias dos indígenas e dos padres, pelas oficinas, cemitério, colégio, cotiguaçú, cabildo, quinta, adega e igreja. Relatos de cronistas que visitaram o local no início do século 19 se referem à igreja de São Lourenço como uma bela construção, com duas fileiras de colunas de madeira sustentando as naves laterais, cinco altares com ornamentos dourados, uma pia batismal esculpida em arenito e um cruzeiro construído em pedra.







            São Lourenço Mártir permaneceu habitada por famílias indígenas e mestiças até meados do século 19. Hoje, as estruturas remanescentes da igreja, do colégio, do cemitério, da quinta e da adega encontram-se parcialmente encobertas pela vegetação.


Confira o vídeo!

video

-
-
-


Nenhum comentário:

Postar um comentário